SindCT estreia programa na TV, em parceria com a TVT e o Canal Plural

Brasil com Ciência entrará no ar em outubro

Edmon Garcia

O SindCT vai abrir um novo canal de comunicação com a comunidade científica e a sociedade em geral: estreia, neste mês de outubro, o programa “Brasil com Ciência”, que será exibido em um conjunto de plataformas: canal aberto TVT, canais fechados e internet — com potencial para atingir quase 1 milhão de pessoas.

O conteúdo, produzido pelo SindCT em parceria com a TVT e o Canal Plural (TV comunitária de São José dos Campos), tem como proposta principal ampliar o trabalho de divulgação das atividades da comunidade científica que o SindCT representa, além de servir para a transmissão de informações pertinentes às áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O programa terá três blocos de 20 minutos, totalizando uma hora. Na estreia, o tema será a proposta de venda da Embraer para a Boeing e seus impactos para o desenvolvimento tecnológico do país. A economista do Dieese, Renata Belzunces, o sindicalista Herbert Claros, o engenheiro aposentado do INPE, Amauri Montes e o presidente do SindCT, engenheiro Ivanil Elisiário Barbosa, serão os entrevistados, além, é claro, de contar com grandes especialistas do setor, que comentam por meio dos VTs.

Para o segundo programa, a pauta será o Programa Espacial Brasileiro, com foco no desenvolvimento de satélites, e os 30 anos da família CBERS (satélites desenvolvidos em parceria com a China).

Segundo o idealizador do projeto, Vitor Portezani, assessor voluntário na área de Comunicação do SindCT, a parceria com a TVT e com o Canal Plural reforça o compromisso do SindCT com a categoria e o papel da entidade no diálogo com a sociedade sobre a temática do desenvolvimento tecnológico.

“Este é o resultado de um encontro muito feliz. Tivemos a oportunidade de aliar o desejo do sindicato, de ampliar sua plataforma de comunicação, com o interesse da TVT e do Canal Plural, de produzir um con- teúdo especializado sobre Ciência e Tecnologia. Desse modo, todos saíram ganhando”, disse Portezani.

Para o presidente do SindCT, o programa é complementar à plataforma de mídia mantida pela entidade, que reúne ainda este jornal impresso, um boletim atemporal, uma web rádio, uma web TV e um site.

“O Sindicato sempre teve a preocupação de manter o diálogo com a sociedade, e o atual momento do país exige que esta preocupação seja redobrada. A divulgação dos feitos, assim como das dificuldades da comunidade científica, hoje tem pouco espaço.

Por isso, acreditamos que poderemos minimizar essa condição com o programa Brasil com Ciência”, disse Ivanil.

Além do canal 3 da NET, em São José, e da página do SindCT na web, a atração será exibida na grande São Paulo pelo canal 44.1 (sinal HD aberto), no ABC Paulista pelo canal 512 da NET e pelo 46 UHF e no canal 13 da NET, em Mogi das Cruzes.

De acordo com o Diretor de Programação da TVT, Jordão Pacheco, as parcerias têm sido fundamentais para ampliar o alcance da emissora e qualificar a grade de programação. Ainda de acordo com Jordão, o programa Brasil com Ciência incrementa a programação da emissora com um tema fundamental.

Segundo o Diretor-Presidente da emissora paulista, Tarcísio Secoli, a TVT está entre as 10 emissoras mais assistidas da capital, o que garante um público de aproximadamente 800 mil pessoas, apenas com o canal aberto. Ele vê a parceria como algo muito positivo.

Para o diretor da TV Comunitária Canal Plural, Eduardo Pane, a parceria é importante para a sociedade e contribui com a missão da emissora comunitária. “Nossa meta é produzir conteúdo local de qualidade, que além de entreter, possa informar o telespectador, e a parceria com o SindCT atinge este objetivo”, afirma Pane.

Além do novo programa de TV, o SindCT mantém a circulação do boletim Rapidinha e do Jornal do SindCT, uma Web TV, uma Web Rádio e perfis no Facebook e Twitter. Para acessar os conteúdos dos materiais produzidos pelo sindicato, acesse o site: www.sindct.org.br

Edmon Garcia é editor do Programa Brasil com Ciência.

Compartilhe
Share this