Vant do ITA pode começar a ser fabricado neste ano

in Clipping

O Vale, 24 de maio de 2017

 

ITA. Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, visita o ITA

ITA. Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, visita o ITA

Foto: /Divulgação

Dois protótipos já foram feitos e projeto entra na fase três, aguardando aprovação de investimentos; coordenador acredita que ITA será "berço do Vant profissional" no país

Xandu Alves
São José dos Campos

Batizado de "Asa Branca", o Vant (Veículo Aéreo Não Tripulado) em desenvolvimento no ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), em São José, pode entrar em processo de fabricação ainda neste ano.

Depende de aprovação da fase três do projeto financiado pela Chesf (Companhia Hidroelétrica do São Francisco), que é subsidiária da Eletrobrás, que pode exigir recursos de até R$ 18 milhões.

Na semana passada, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, visitou o ITA e conheceu o projeto, iniciado em 2004 e que consumiu R$ 7 milhões, sendo R$ 6 milhões da Chesf.

O ITA já construiu dois protótipos: de 25 e 50 quilos. Em formato de avião, os veículos poderão voar por centenas de quilômetros. A Chesf os quer para inspeções em linhas de transmissão, em substituição a helicópteros tripulados, reduzindo custos e riscos.

"Assim como foi para a Embraer, o ITA deve ser o berço do desenvolvimento do Vant profisisonal no Brasil", disse Geraldo Adabo, coordenado do Vant no ITA..