SINDCT PASSA A INTEGRAR A FRENTE PARLAMENTAR MISTA EM DEFESA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

in Notícias SindCT

Em meio a uma turbulenta especulação sobre como se dará a chamada "reforma" previdenciária promovida pelo governo Temer e por conta da enorme possibilidade de atingir os servidores públicos federais, o SindCT passa a integrar a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social.

A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social defende a manutenção dos direitos sociais e uma reforma estrutural da captação de recursos, nos termos da legislação atual, com o propósito de garantir a segurança jurídica e atuarial do sistema de Seguridade Social Brasileiro, sem restrição ou extinção de direitos.
Mais de 70 entidades da sociedade civil compõem a Frente!

Nesta última terça e quarta-feira o vice-presidente do SindCT, Mário Afonso Ribeiro do Canto, e os advogados José Roberto Sodero e Alessandro Cardoso de Faria estiveram em Brasília participando da reunião da Frente.

A reunião foi realizada no Senado Federal, na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa - CDH e foi presidida pelo Senador Paulo Paim.

Nesta ocasião o SindCT teve a oportunidade de se manifestar e colocar suas preocupações com o que chama de "contra-reforma" da Previdência.

A preocupação do SindCT com as propostas lançadas na mídia pelo governo como um balão de ensaio foi objeto de um simpósio realizado recentemente pelo SindCT no auditório do ITA, com a participação de nomes importantes do Brasil, quando se trata de direitos dos servidores públicos. Agora, ao integrar a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social, o SindCT vai além do debate e de fato passa a exercer um papel de destaque em defesa dos direitos dos servidores do INPE, DCTA e CEMADEN.

Em breve será lançado um vídeo institucional da Frente com linguagem simples mas eficaz, demonstrando que os argumentos que o governo utiliza para fundamentar a reforma da Previdência não são reais.

A ideia é uma divulgação maciça dessas informações como contra-argumento daqueles defendidos pelo governo. Há uma equipe técnica, capitaneada pela economista Denise Gentil que conta com a participação de nosso Diretor Sólon Venâncio, que realiza os estudos e impactos das propostas jogadas na mídia pelo governo.

No próximo dia 6 de dezembro no auditório Petrônio Portela, no Senado Federal, a Frente estará realizando um Seminário Internacional de Previdência Social, quando serão debatidos vários temas sobre o Regime Geral, Próprio e Complementar de Previdência.

Você servidor público da áerea da ciência e tecnologia não pode aceitar calado que o governo, mais uma vez, retire seus direitos.

Venha para o SindCT! Participe!!!

O SindCT é a sua voz!